Pra ela!

Eu quero ser acima de tudo eu. Com você ao meu lado, claro. Eu quero ser aquele que vai morrer de dar risada cada vez que tu tropeçar, mas certamente o primeiro a te dar a mão para levantar caso você esteja no chão. Sem ironia, mas eu sou assim. Mas eu não quero ser só isso.

Eu quero ser também aquele que vai perder a noite de sábado pra ficar contigo, quando estiveres “naqueles dias” ou até mesmo doentinha. Eu quero ser o machão que vai chorar a cada almoço que fizermos juntos, mas só porque serei eu que cortarei as cebolas. Homem não chora à toa, você sabe.

Eu quero ser também aquele que vai dormir contigo, acordar no outro dia e te ver descabelada, inchada e mesmo assim olhar no fundo dos teus olhos e dizer “como tu é linda!”, sem qualquer ironia, juro. Acho que serei eu também que te levarei nos piores roles, mas que no fim de cada um deles, sentaremos e iremos rir horrores de cada momento, e saber que tudo aquilo valeu a pena por nós, pelo prazer de um estar com o outro.

Eu vou ser aquele que vai te ouvir, nos melhores e nos piores momentos, mas também o que irá falar. Seja coisa boa ou não, sempre tentando te ajudar. Vou ser o que vai “obedecer”, mas também “mandar”, só pra deixarmos as coisas bem claras e não haver nenhum aborrecimento. Vou te ajudar toda vez que precisar (e quero que o contrário aconteça também, afinal, eu precisarei e muito). Quero ser aquele que vai sentar contigo na beira da praia, sem absolutamente nada pra fazer, mas que me sentirei cheio, só pela sua presença. Que vai te irritar inúmeras vezes (de propósito ou não), deixando a toalha molhada em cima da cama, por exemplo.

Eu quero ser mais você (sem deixar de ser eu), tendo você simplesmente como uma companheira, pra tudo. Eu quero ser seu. Seu encosto, seu “porto seguro”. Aquele que vai aparecer aos “47 minutos do segundo tempo” pra te livrar dos mais variados problemas. Ou até mesmo aquele que vai dormir no sofá e você vai ficar puta da vida de tanto chamar pra ir pra cama. Na verdade, eu quero tudo isso e muito mais. Eu quero conviver com você, saber como você é, dividir as minhas alegrias e minhas tristezas, meus triunfos e meus fracassos.

Eu quero ter você, sempre por perto. Eu quero você, guardada sempre dentro do meu peito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s