O Rio de Janeiro, a chuva e o medo dessa porra chegar aqui

O Rio de Janeiro vive dias difíceis. Até quem não acompanha o noticiário sabe dos problemas que a cidade vem enfrentando em razão das fortes chuvas. Não sei para o povo de lá, mas aqui essas coisas são normais. Em São Paulo, por exemplo, a cada nova chuva, novos pontos de alagamentos. Isso acaba gerando desconforto para todos, deixando a cidade de “mãos atadas”. E quem sofre com isso, claro, é o povo que paga seus impostos.

No caso do Rio de Janeiro, estranhamento, já encontraram o “culpado” pelo desastre. Não, não culparam São Pedro pelo dilúvio. Mais fácil que isso, o Governo disse que tudo o que aconteceu por lá é culpa do povo carioca que ocupa áreas de risco. Lógico que a conta iria sobrar para os menos favorecidos, como sempre, e não é só por lá. O povo tem culpa sim pelo que aconteceu, já que a falta de educação faz com que o lixo seja jogado em qualquer buraco, e quando chove, a água não tem por onde escorrer. Mas culpar os moradores do morro pela enchente no centro e nos bairros nobres já é demais.

Eventos como este mostram que a cidade não é tão maravilhosa quanto parece. E pra quem ainda não sofreu com esse tipo de situação fica a pergunta: chegará a nossa vez?

A minha cidade não é muito diferente, mas até agora nenhuma catástrofe como essa nos atingiu. Temos tudo o que uma grande cidade tem: trânsito caótico, pontos de alagamento e uma má administração pública. Ao invés do nosso dinheiro ser gasto com obras de infra-estrutura na cidade, arrumando o saneamento básico dos bairros mais necessitados ou criando novas alternativas caso aconteça um desastre, tudo é feito ao contrário do que foi dito. O dinheiro, que embora público, é gasto em obras faraônicas para recuperar praças abandonadas no centro da cidade ou com shows superfaturados, como aconteceu no final do ano (curiosamente para reinaugurar uma praça na cidade).

E quando acontecer o desastre por aqui? Quem iremos culpar? Os pobres? Vai aparecer políticos na TV e dizer que foram pegos de surpresa, mesmo sendo “avisados” por catástrofes em outras localidades? É bem provável que tudo isso aconteça.

O que nos resta é esperar. E torcer, de forma egoísta, para que problemas como este não cheguem por aqui.

Anúncios

Um pensamento sobre “O Rio de Janeiro, a chuva e o medo dessa porra chegar aqui

  1. ainda nao chegou mais a hr que chegar estaremos literalmente fudidos, mas a praça aquela lah em frente a GAMA certeza que se acontecer algo do tipo aqui ela vai ficar debaixo da água assim como as vezes fica o corpo de bombeiros e a vizinhança ali, resumindo vão arrumar a praça para que depois (queira Deus que nao aconteça( ela fique debaixo da água.
    vamo gasta a grana dos idiotas com coisas idiotas huahuahuahuahuhau bando de fdp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s