Reunião dos machos

Sábado à noite e o clube dos machos estava em festa. Era dia de UFC – que é cópia das rinhas de galo -, disputado no Brasil, e não se falava de outra coisa em lugar nenhum. Tinha até quem jantava vendo “aquilo”. Devido ao cansaço da semana, eu já tinha desistido antes mesmo do 1º round.

“Machos” se reuniam por toda parte, em bares ou casas de amigos, abarrotadas de cerveja e churrasco. As mulheres, se é que elas se manifestaram ou acompanharam seus machos, certamente tricotavam na cozinha sobre os rumos de seus respectivos relacionamentos.

E daí pra frente, o que mais se viu – imagino – foi soco, pontapé, sangue por todo lado e um monte de marmanjo vibrando com isso tudo. Aqueles mesmos que usam a camisa branca no ano novo, vibravam a cada “quase morte” causada por caras com nomes de guerreiros como Minotauro ou Shogun.

E as mulheres, o que achavam? Acho que elas pensavam na burrice que um dia foi falar mal de futebol. Falar que futebol era ridículo por ter 22 homens correndo atrás de uma bola. Mas e seus respectivos que vibravam com a selvageria?

E no fim das contas, quem mais bateu foi um cara com camisa do Corinthians e que falava fino feito uma menina. E as mulheres, o que pensavam?

Anúncios

4 pensamentos sobre “Reunião dos machos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s