Pô amigo, base na unha?

Por ter mais de 25 anos, vira e mexe me vejo em conversas sobre relacionamentos amorosos com gente mais ou menos dessa idade. Normalmente são homens, desiludidos com o “mulheril” que se encontra “disponível” no mercado. Dizem que hoje em dia está difícil, que a mulherada não quer saber de nada e que tá foda pra encontrar alguma moça que seja pra casar.

Vale lembrar que esse tipo de conversa vem de caras mais velhos, e não de jovens recém saídos do rabo de saia da mamãe que acham que podem pegar o mundo e botar no colo. Em pensamento até podem, mas só em pensamento – alguns tem uma imaginação fértil demais, o que acaba facilitando as coisas. E também não é meu caso.

Não sei se esses homens, que não passam de reclamões, estão certos. A tal liberdade sexual mudou as coisas, e hoje em dia todos tem direitos mais ou menos iguais. Mas e as mulheres, o que pensam desses homens que ainda estão disponíveis no mercado?

Ontem, fui ao banco e acabei atendido por um bancário todo vaidoso, com base na unha, gel no cabelo e tudo mais. Não sou de reparar em homem, mas era impossível não ver aquelas unhas brilhantes do garoto, que pareciam ser exibidas com orgulho (?). Não sou preconceituoso – embora dizem que todos nós temos algum preconceito com alguma coisa -, mas as vezes a vaidade é demais, pelo menos na minha visão.

O que as mulheres pensam de caras como este, que passam base na unha e podem ser potenciais rivais na briga pelo espelho do banheiro? O que as mulheres pensam de caras que se depilam, que passam creminho em tudo quanto é buraco e não buraco do corpo?

Desculpa aí, mas vaidade de homem é fazer a barba, tomar banho – pelo menos 1 por dia – saber cortar a própria unha, mesmo que ela fique toda quadrada por causa do cortador e mais uma ou outra noção de higiêne pessoal que seja necessária. Precisa mais que isso?

Sei não, mas acho que esses reclamões vão ficar velhos e continuarão assim. Mulherada, pelo jeito, tem muito mais motivos pra reclamar nas conversas de botiquim. Afinal, enquanto elas conseguem o “direito” de viver a vida como bem entendem, os homens se vangloriam de poder passar base na unha, por exemplo. É quase o fim do mundo, pelo menos pros machos.

Anúncios

11 pensamentos sobre “Pô amigo, base na unha?

  1. nao entendi seu ponto de vista, não sei se tem a ver com liberdade sexual, e que fique bem claro que eu roô (do verbo roer) unhas, ou seja, to pouco me fodendo se ela tá brilhando ou não, logo, NÃO passo base ou esmalte, obviamente, mas acho que isso é preconceito. Cada um tem o direito de ser feliz (e se achar ‘bonito’) do jeito que bem entende. Já falei pra você que seus pensamentos, as vezes, são muito radicais. Hitler não gostava de judeus. Você não gosta de quem passa base na unha…

    UAHuHAuHA zueira. só pra aumentar a discussão.
    mas vamos tomar cuidado com esse paralelo hehe

    Abraço

  2. Ah, não sei se é questão de preconceito. Pode ser, mas é feio cara. Artificial demais, e que fique claro, eu acho feio até pra mulher. Esmalte sim é bonito. Que função tem base na unha?
    Os amigos gays dizem que base na unha é coisa de bicha “pão com ovo”. Sei lá o que isso significa, mas não deve ser coisa boa pelo que parece.
    E, de fato poderia ser um assunto que passesse batido, afinal, o cara não me fez mal algum. Mas que mal tem em comentar? Estamos sujeitos a julgamentos sempre, e até aí, não o ofendi nem nada. Gosto é igual c*, ou seja, …
    Sobre o radicalismo, não é bem assim. O texto – e eu – sempre vai ser aberto a pensamentos contrários, sejam eles relevantes ou não.
    Conclusão: esse mundo moderno é bem estranho.

  3. bixa pão com ovo….. vai sabe o q quer dizer isso
    a lemao passa uma base ai vai, tua namorada acha bonito ninguem vai te zua kkkkkkkkkkkkkkk (eu vou e mto) ahuahauahuuah

  4. O papo aqui anda bem humorado. Sacanagem à parte, acho feio p/ c*lho esse negócio de unha com base p/ homem. Esmalte então é o fim da linha, cara. Atravesse a rua, pegue a bandeira multicolorida e vá ser feliz. Cada um é feliz como sabe ser. Uns são héteros, outros são gays. Ponto pacífico.
    Fico pensando aqui, eu mal consigo cortar minhas próprias unhas, para que mais que isso?
    Ainda bem que a natureza me fez com cara boa e cabelo bom, assim não tenho que perder tempo. É só me barbear, e pronto. Detesto esse negócio de espelho. Para escovar os dentes não preciso dele. Uso máquina pra baixar o excesso de pêlos, isso é por higiene.
    Mulher gosta de homem limpo, mas não precisa ficar liso. É só perguntar p/ suas conhecidas. Elas ficam inseguras quando pensam que o cara é vaidoso demais, mesmo que isso seja infundado.
    Vejo que muita coisa hoje é comercial. Querem transformar os homens em bonecos depilados, que usam calças tão justas como se tivessem sido feitas para um eunuco. Ou o estilista que fez a roupa não pensou nas bolas ou ele quer mesmo esmagá-las, criar uma geração de estéreis…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s