Buscando a paz através do UFC

Ser contra o Datena é fácil. Soa inteligente, “cult” entre os amigos do Facebook. É mesmo um absurdo a quantidade de violência mostrada em programas do gênero que estão espalhados pelas TV’s brasileiras. Mas a violência é um prato saboroso para a grande maioria das pessoas, e é pra saciar essa fome que eles existem.

Legal mesmo é falar do UFC. É usar camiseta branca na virada do ano e delirar a cada “card” no sábado à noite. Os olhos chegam a sangrar de ódio, de vontade de ser um daqueles caras que batem – e apanham – de maneira impiedosa, covarde.

Cada um sabe – ou deveria saber – o que faz ou gosta nessa vida. Por mim, poderiam morrer dentro do octágono que não faria diferença alguma – isso ainda vai acontecer, pode escrever. O grande problema são as crianças. Estamos, através das imagens de TV, dos jogos eletrônicos e da falta de capacidade dos pais modernos criando pequenos monstrinhos e achando isso lindo.

E amanhã, claro, todos vão continuar assistindo e reclamando do Datena; e achando que a violência está cada vez mais fora de controle. Aí a gente reclama dos governantes, afinal, a culpa é sempre deles.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Buscando a paz através do UFC

  1. Lemão, o UFC é uma organização profissional de MMA onde os lutadores são altamente treinados em vários estilos de luta (ataque e defesa), e por mais violento que seja, os golpes são desferidos no corpo todo, não sendo mais agressivo que o milenar Boxe, onde praticamente todos os golpes são dados no rosto e existe grandes chances de sequelas maiores que no MMA. Não sei porque a galera acha que os lutadores estão com “ódio” ou algo assim, é a profissão deles pela qual sustentam a familia como qualquer outro esporte. o UFC tem suas próprias regras (que resguarda o lutador) assim como outras organizações. O extinto Pride por exemplo era válido que o lutador chutasse a cara do adversario caido, isso sim considero inadmissivel no esporte. Querendo ou não acaba sendo questão de gosto. Se a pessoa não curte Muay Thai, Jiu Jitsu, Wrestling, Boxe e até mesmo a Capoeira, não irá gostar de MMA. Mas isso não faz as “crianças” de hoje serem violentas. Esportes assim existem desde sempre, questão de educação e cultura. Realmente existe grande risco no MMA, porem esse esporte existe desde o fim do seculo 19, e não tem historico de morte nas grandes organizações até então, ao contrario de combates somente de Muay Thai por exemplo onde fazendo uma busca rapida no youtube vc ve caso de morte devido ao elevado nivel de letalidade (não no Brasil, aqui é proibido inclusive o uso dos cotovelos devido ao estrago que faz). Comparar um esporte com o sensacionalismo de violencia urbana do Datena achei meio pobre e sem fundamento hehe.
    Abração mano!

    • então vale tudo. pode ser treinado, que seja, mas é violência.

      pra mim, é a rinha de galo do novo milênio.

      e sobre as crianças, elas não sabem o que fazem meu caro. violência sempre existiu, mas sempre foi velada. você acha certo uma criança de 10 anos assistir isso ao vivo como a tv mostrou?

      cada um tem um gosto, como eu disse, mas violência gera violência e pra mim isso nunca vai ser esporte.

  2. Concordo plenamente!!! Descaracteriza totalmente o conceito esporte, fazendo com que o propósito se perca!

    Violência gera sim, violência! E a “rinha de galo do novo milênio” foi a melhor…. rsrsrsrsr!!!

    Abraço!

  3. por isso as lutas ocorrem de madrugada ? pra criança nao assistir ?

    na boa. sempre vi filmes de lutas na TV, sempre assisti SuperCatch (WWF) nas manhãs de domingo e sempre vi as lutas de boxe nas madrugadas de sábado, só porque meu pai gostava e eu gostava de ver TV com ele. nem por isso fiquei um cara violento. e olha que joguei todos os jogos de tiro possíveis (tinha até clan de Counter Strike) e os de luta também (de Street Fighter a The King of Fighters)

    video-game, UFC, datena.
    não é isso que deixa o cara violento.
    é outra coisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s