Morte aos papagaios!

As tão faladas mídias sociais, sobretudo o Facebook, faz com que nosso comportamento seja cada vez mais comparado ao dos papagaios. Compartilhamos coisas que nem sabemos ao certo se são verdadeiras ou não e, diante disso, fica bem mais fácil fazer qualquer julgamento de valor. Eu, infelizmente, também estou nesse time, embora lute cada dia mais pra não cair em certas armadilhas.

A última que caí foi na tal lei que proíbe a cobrança de estacionamento nos shopping’s do país. Vi no Facebook, e tentando bancar o espertão, perguntei pra moça do caixa se eu não teria direito ao abatimento na cobrança de 3 reais do estacionamento, já que tinha feito algumas compras por ali. A moça, simpática até, disse que a lei só valia na cidade do Rio de Janeiro, e como eu não tinha base nenhuma pra argumentar, paguei e fui embora com o rabo entre as pernas.

Mas peraí! Que direito nós temos de cobrar a administradora de qualquer shopping center pelo país por conta da cobrança de estacionamento? Não estamos entrando com nossos carros, sejam eles novos ou velhos, em lugares públicos. Ali é um lugar privado, e cabe ao dono do estabelecimento decidir se cobra ou não a tarifa.

Eu sei que muita gente não vai concordar, mas nunca vi ninguém reclamar aqui da famosa Área Azul, que toda cidade faz questão de ter. Nela, paramos o carro na rua – que é uma via pública -, não temos segurança nenhuma e ainda assim pagamos pra Prefeitura, como se não pagássemos impostos suficientes nem pra deixar o carro parado na rua, entregue aos bandidos. Em cidades como Piracicaba e LImeira, chegamos ao absurdo de não ter nem vendedor de cartão; é tudo informatizado – como se a segurança também fosse.

Assim, a gente pega alguém pra cristo e fica repetindo pensamentos que jamais serão levados em consideração ou aprovados pelas leis.

Como um Governo – seja ele Municipal, Estadual ou Federal – pode aprovar uma lei proibindo a cobrança de um serviço em área particular se ele também o faz em vias públicas?

Às vezes nos falta um pouquinho de inteligência. Mas como é mais fácil atacar quem está na frente, a gente continua imitando os papagaios. Pobres bichinhos.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Morte aos papagaios!

  1. Leandro, veja a Lei. http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/scpro0307.nsf/1e1be0e779adab27832566ec0018d838/1ffedc5f743e25a883256e2b006d481c?OpenDocument

    Ainda sobre o assunto da área azul, digo que pode-se criar uma Lei que instale pedágio na região central de municípios, tendo em vista a redução de congestionamento e afins… Na minha humilde opinião tudo isso incentiva o uso do Transporte Coletivo, mas esse meio ainda tem que MELHORAR MUITO: com veículos descentes, rotas inteligentes e valor (R$) justo. Quem sabe assim a população deixa o carro particular descansando um pouco na garagem de casa.

    • Então, a lei parece que não foi aprovada. E sobre a questão dos pedágios, é “interessante”. O problema é que aqui as pessoas só aprendem quando mexem no bolso de alguma forma. É assim com as multas de trânsito, por exemplo. Mas aí é mais fácil reclamar da “indústria da multa” do que manerar no acelerador. E assim a gente vai caminhando…

  2. Eu fiz a mesma coisa, e recebi a mesma resposta. Mas nem reclamado do fato de pagar, o problema é pagar por pagar. Quantas pessoas já tiveram o carro riscado ou batido e o “estacionamento” não fez nada? O pagar por pagar é que é complicado..

    • Mas aí é que entra os direitos Carol. Meu pai certa vez foi assaltado dentro do estacionamento de um banco. Entrou com uma ação e pelo estacionamento cobrar 1,00 pela hora estacionada, este deveria dar segurança para os clientes. Ou seja, pagou toda a quantia roubada com juros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s