Eu quase nunca tive pressa

Eu nunca tive pressa. Ou quase isso. Tenho planos, como qualquer pessoa, mas acredito que ainda tenho um bom tempo para fazer deles uma realidade. Não que eu goste de esperar, mas não me importo – ou me importo pouco, desde que a demora não seja incômoda.

Vejo no trabalho, nas ruas, a pressa que as pessoas tem. Pra que? “Pra nada!” é uma boa resposta?

Os funcionários que pegam suas mochilas enquanto o sinal ainda toca, loucos para irem embora, enquanto eu desligo meu computador calmamente na sala ao lado. Loucos pra chegar sabe-se lá onde, e com a mesma velocidade pretendem sair novamente, e novamente e novamente… tudo muito rápido.

Calma galera!

2012 só começou. E talvez seja só o ponto de partida para os próximos anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s