Ninguém precisa saber

Dizem que é preciso ir pra poder voltar. Que é preciso cair pra depois se levantar. E que é preciso provar pra dizer que não gosta. Só não ouvi dizer que é melhor escrever do que falar.

A folha em branco pode se mostrar de diversas maneiras frente a quem pretende preenchê-la. A maioria, na necessidade de dizer algo, pode se desesperar. Para outros ela se torna um refúgio, capaz de tirar das costas aquele peso que incomoda, machuca. Comigo é mais ou menos assim.

Sempre fui uma pessoa que reparou muito nos outros. Não pra julgar simplesmente, mas pra ver como cada um se comporta, o que faz ou não em determinadas situações e por aí vai. Tem muita gente que faz o mesmo que eu. Mas eu prefiro não falar, comentar com o vizinho. Prefiro escrever e tentar aprender.

Uma das razões é que o papel aceita tudo. Ele não vai me questionar, nem me chamar de fofoqueiro ou intrometido por eu ficar reparando na vida alheia. Aposto que tem gente que vem até aqui só pra saber do que estou falando ou pensando, e acho isso absolutamente normal.

Eu poderia falar mais, impor minha opinião e minhas vontades. Mas prefiro assim, ficar no silêncio. Se for pra fazer barulho, que seja o da caneta riscando o papel ou do teclado do computador velho em que escrevo este texto. E você tem a opção de ler ou não.

Falar e tentar impor opinião não muda nada. Ninguém muda o que pensa por conta de um discurso ou sermão – no máximo elas fingem mudar para agradar quem interessa. As pessoas nascem de uma determinada maneira e assim elas seguem durante a vida toda, mudando muito pouco. Só não sei te dizer se isso “vem de fábrica” ou se ela vai adquirindo isso com o tempo. E é bom que seja assim, desde que cada um arque com suas derrotas.

Mas que não cobrem dos outros o mesmo que pensam e querem para suas vidas. Cada um é de um jeito e o mundo certamente nunca será da maneira que você imagina. O que é absolutamente normal. Além de imperfeitos, somos insatisfeitos.

Anúncios

Um pensamento sobre “Ninguém precisa saber

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s