Peso do roubo

Ignorei os chefs mais renomados. Pra mim, nada melhor do que comer no bom e velho restaurante por quilo, o famoso self service. Eu sei que você fez biquinho, é metido à chique e não concorda, mas paciência.

Só ali você escolhe o que e o quanto quer comer – nos bons as opções são bem variadas -, sem medo de passar fome. Restaurante à la carte, quando desconhecido, pode nos trazer surpresas desagradáveis, ainda mais se for de algum país metido à besta. Em geral são caros e servem pouco. Prato decorado com hortelã não enche a barriga de ninguém.

Feliz é o sujeito que inventou os self services. É um semi-deus, no mínimo.

Só peço uma única coisa: alguém aí, por favor, fiscalizem as balanças. Por vezes tenho a sensação de que estou sendo roubado. E isso não é de hoje.

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s