Homens ao mar

E quando mais precisei, eles me abandonaram.

Eu me afogava naquele mar imenso e não conseguia sequer gritar por socorro. Eu precisava de ajuda, e sabia que eles estavam lá, do lado de fora. Fiquei esperançoso quando os vi sacando seus celulares, e acreditava que na impossibilidade de entrarem no mar, ligariam para um salva-vidas. Não foi o que fizeram, e mesmo desesperado, percebi que eles gravavam tudo, faziam filmes e tiravam fotos.

Lutei muito, e sabe Deus como, consegui ser tirado daquela imensidão de água. Acredito que alguma alma boa deixou o celular na cadeira de praia e resolveu me salvar. E por isso serei eternamente grato.

Os outros? Bom, os outros preferiram me julgar assim que recuperei a consciência e o fôlego. Continuaram com seus celulares, mostrando meus erros e o que eu deveria ter feito. Eles nunca estão preocupados em ajudar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s